Por que devemos cortar o nosso cabelo?

Tempo para leitura é de 2 minutos

Recebemos diariamente uma enorme quantidade de informações  e sugestões de comportamento e de corte de cabelo.

As informações são incompletas porque revelam somente os casos de sucesso e criam grandes expectativas.

Sabemos que grandes expectativas quando  não atendidas se transformam em grandes decepções.

Na realidade absorvemos pouco mais de 1% de toda informação que conseguimos captar com os nossos sentidos de tudo que está ao nosso redor.

Sendo assim, completamos o que falta de informação com os  nossos preconceitos, experiências pessoais e interesses.

Imaginar que o nosso companheiro não tenha percebido que cortamos o cabelo é inconcebível!

“Não reparou que eu cortei o cabelo?” (2 centímetros).

Ser comparada com algo ou  alguém fica um  pouco pior:

Companheiro fala – ” Seu cabelo está bonito. Esta franja está igual a de um canarinho.”  ( O  companheiro  pensa como homem e canarinho  é bonito, é querido e delicado)

Pior  ainda  quando se compara a uma artista  que aparece o  tempo todo na televisão:

– “Então você fica olhando para aquela “sem sal”?”

Nesta situação típica, compreendamos o seguinte:

Se cortamos o cabelo é porque desejamos que ele fique apresentável e sem pontas velhas.

Cortamos o cabelo

com alguém que identificou o nosso tipo físico,  o formato  de  nosso  rosto,  tipo  de  ondulação  do nosso  cabelo  e até mesmo a nossa filosofia de vida.

Até aqui isto deveria nos bastar!

Se nossas ideias estão em equilíbrio, o nosso corpo reflete isto  em comportamento e aparência.  

Nossa testa não ficará franzida, não ficaremos constipadas e tampouco  sem paciência.

Cortamos o cabelo

com alguém que sabe identificar o nosso desejo e necessidade e que, em caso de insegurança, corte menos do que foi pedido.

Comentário do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *